segunda-feira, 18 de junho de 2007

vas

vida de quê?
vida vivida sem vida.
viver vendo a vida voar.
viver vivendo.
viver voando.
e varrer a vida.


almamente. cuidadosamente.
a mente
maquina a mais medíocre máquina.
a existência.
a[l]ma mais [ou menos].
vestida de marfim
de alma lavada
num mar sem fim.
para a[r]mar. e matar.
e amar.


que seres, afinal?
seres ou somos?
que sentido há em ser?
que ser seria, se kafka consentisse escolher?
sentindo o ser,
que ser seria?
ser sendo.
so-mente.



assim é.

sábado, 2 de junho de 2007

mestre! desce mais uma bem gelada, por favor...

ela era 'a menina da saia'.
suas afirmações sempre faziam quem estar com ela parar e pensar.
incógnita poderia ser seu sobrenome.
saía por aí...
bebendo e conversando...
conhecendo gente e conversando...

- mto doida essa menina da saia neh?
- é mesmo... mas ela até q sabe conversar...
- é... se sabe... cada uma que ela solta... fodástica...
- aham... eu mesmo não curto muito assim conversar com ela...
- e pior q ela eh boa tb neh?
- ô! namoraria ela não... ela fala mta verdade.
- mas ela quer namorar ninguém não, pô...
- mas q eh boa, é.
- se é!



- ó quem tá ali!
- quem?
- a menina da saia, pô...
- ah, eh mesmo! gosto dela! ela diz mta coisa legal...
- tás sabendo da lenda sobre ela?
- qual?
- dizem que dia desse teve uma doidinha que se matou depois de conversar com ela numa noite de doideira...
- sério?
- é. povo diz que eh porque a doida era apaixonada por ela...