sábado, 25 de outubro de 2008

das cervejas

depois de uma caixa e pouca de cerveja, a gente nota certas coisas. olhares rolam, conversas fluem... e tu ali, bem na minha frente, lindo, rindo, conversando, brincando.
e em mim a vontade de me jogar em e pra você.

uma: conta aquela da cerveja!
outra: não pô... é que segundo os cientistas, o primeiro gole numa cerveja bem gelada simula um orgasmo.
tu: [olhando fixamente para a outra pessoa] depende da pessoa, depende do orgasmo... depende!
outra: é...

acontece...
um dia eu te chamo pra dar o primeiro gole na minha.

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

!

de repente, se muda.
de repente, não se é mais aquilo.
de repente, silencia-se.
de repente.